domingo, 20 de julho de 2014



-->

Preciso de você!

Desde ontem tenho me sentido arremessada num temporal de sentimentos conturbados. A toda hora me deparo com relâmpagos, trovões, ventania forte... É como se uma chuva de sensações pesadas caíssem sobre minha cabeça agora.
Parece que está tudo escuro e eu sinto frio, muito frio. Não consigo parar de pensar, quero ao meu lado essa mulher que me apaixonei, quero que ela me envolva no seu abraço e me proteja dessa tempestade Quero me despir dessa armadura que tenho em minha volta e me admitir ser uma mulher frágil precisando de um abraço protetor, sem que isso me transforme numa pessoa fraca, entende?
Tenho sido rígida comigo mesma mostrando uma postura que desagrada.
Não é fácil. Há dias em que a gente cai, chora e se sente pequena.
Quero que você me olhe nos olhos, com aquela doçura que só você tem. Que me acaricie o rosto com suas mãos que ainda não sinto tão minha.
Preciso que você me abrace, com todos os defeitos que tenho. Preciso de seu beijo... De seu amor.
Hoje incansável tristeza se abateu sobre meu corpo, deixando-me mergulhada em angústia profunda, tornando minhas horas lentas. Vejo tudo passando de forma vagarosa, tudo parece conspirar contra o meu sentimento . Nesse instante sinto uma lágrima que passeia em minha face como que na tentativa de lavar e levar de mim esse abatimento.
As lembranças hoje me assaltam com mais precisão. Consigo reproduzir seu rosto em minha mente com toda a perfeição que lhe é peculiar, até seu cheiro me envolve nesse momento, sinto suas mãos, seus sussurros, seus carinhos, seu sorriso de menina, sua doce mania de franzir a testa quando algo lhe preocupa, ou até coçar a cabeça quando tem alguma dúvida. É incrível, mas você vive nesse momento dentro de mim.
Aqui diante da janela, olhando a manhã que brota tão linda, olhando as flores molhadas pelo orvalho, ouvindo os pássaros que cantarolam na tentativa de me alegrar; aqui, sozinha e triste eu busco cada vez mais você em tudo, no meu corpo, nas suas mensagens, nas nossas fotos.aquelas que tiramos lembra? Sinto-a forte dentro de mim. Eu sinto que você me quer sabes que eu também te quero.
A saudade vai me fazendo companhia enquanto você não volta. E eu vou fazendo de nossas lembranças a minha vida, sempre na expectativa do nosso reencontro.
Meu Amor, eu tenho medo de chuva e estou me sentindo sozinha em meio a um temporal.
Preciso de você.
Eu quero você!

domingo, 13 de julho de 2014


Vento no rosto,
vendo sol posto
no mar sumir
noite chegando
esperança esperando
o amor por vir...

A lua é chegada,
o silencio também
corpo ansiando
ela vem ou não vem?

O vazio povoa,
todo o espaço
somente o frio
aceita um abraço

o vento é brisa,
o sol renasceu
a noite se foi
esperança também...

Ouço passos,
o silencio se vai
ânsia levando
desespero deixando...

Ela não veio
nem sei se virá
mais sei que chegando
me encontrará.

sexta-feira, 11 de julho de 2014

PARA A MINHA A MINHA ''Bubu''

O MEU CORAÇÃO FICA TAO APERTADO.
QUANDO ESSA ÂNSIA ME CONSOME; QUANDO AS COISAS SAEM DIFERENTE DO QUÊ PLANEJEI; QUANDO NÃO TENHO VOCÊ AO MEU LADO QUANDO SINTO QUE VOU PERDER VOCÊ QUANDO ME SINTO IMPOTENTE E VULNERÁVEL; QUANDO NÃO OUÇO A TUA VOZ; QUANDO NÃO SEI O DIA EM QUE VOU TE VER NOVAMENTE; QUANDO NÃO POSSO ME PERDER NO SEU SORRISO E NO SEU OLHAR;
QUANDO NÃO SINTO O CALOR DOS SEUS BRAÇOS E O SABOR DOS SEUS BEIJOS;
QUANDO SONHO COM VOCÊ E DEPOIS ACORDO SOZINHA QUANDO AS HORAS AO SEU LADO PARECEM SE ARRASTAR; QUANDO O QUE SÓ ME RESTA É O SEU PERFUME QUE ME EMBRIAGA DURANTE A NOITE, E QUANDO...
PRINCIPALMENTE, QUANDO VOCÊ NÃO SAI DO MEU PENSAMENTO, POR MAIS QUE EU QUEIRA E ME ESFORCE PARA ISSO.
MAS É O MEU CORAÇÃO; A MINHA ALMA QUE IMPLORA POR SUA PRESENCIA









Para a minha ''Bubu''






AH! MEU BEM!COMO ESTOU COM SAUDADES.
NESTE MOMENTO AQUI,EM FRENTE AO MEU PASSATEMPO FAVORITO,DIGITO COMPULSIVAMENTE,OS NOSSOS MAIS INFINITOS DESEJOS...
VOU E VOLTO AOS CAMINHOS MAIS SUBLIMES DO NOSSO GOSTO,DO PRAZER ALUCINADO,OS BEIJOS SALIENTES,DAS CARÍCIAS DOS NOSSOS CORPOS,NOSSAS MÃOS SE REENCONTRANDO. NOSSOS OLHOS REVIRANDO,E OS SUSSURROS DO PRAZER SATISFEITO. APOS A CONFIÇAO,
UM SORRISO,
A RESPIRAÇÃO
ACENDE UM CIGARRO,
E TRAGA O PRAZER CONSUMADO...
TEU CHEIRO,TEU CORPO,A TUA VOZ,SUAVE,DELICADA,O SEU GOSTO INÉDITO,AS SUAS PALAVRAS AS MAIS BELAS E VERDADEIRAS DELICADEZA QUE JÁ RECEBI EM TODA A MINHA VIDA.OH!QUE PRESENTE ÉS PARA MIM,MEU RELICÁRIO,MEU LÍRIO,MINHA ALEGRIA DE CADA BOM DIA,MEU SORRISO POSTADO EM CADA PAISAGEM. MEUS PASSOS,ELES FLUTUAM A CADA AMANHECER DE MINHA BATALHA. AH COMO ESTOU ME SENTINDO TAO BEM AO TER VC.

quinta-feira, 10 de julho de 2014

UMA VALSA EM MIM

Rodopia no âmago, machuca o coração...
Atiça sensações guardadas no esquecimento
que vêm à tona com força de aluvião,
escorrem como límpidas cachoeiras
formando correnteza
que desaguam num mar de ilusão...
Lava a alma que límpida e leve
envolvida em subtil sensação
flutua no ar como se estivesse num salão...
Gira...gira... gira... num céu encantado
e no último acorde, desperta trémula
desprendendo-se qual flor machucada
caindo murcha nos bosques do coração.

(Julho 2014)

terça-feira, 5 de janeiro de 2010




Eu adoraria
Amar novamente,
como uma inocente criança q abre um novo presente...
pra beijar, abraçar...
mas com carinho,
apoiado em todos os sentidos do corpo, da alma, dos astros...
respirar fundo e ouvir a respiração do outro,
em meio a compassadas batidas de dois corações...
que de tão próximos, não se possa saber qual bate mais rápido e mais calmo,
como num rio q percorre seus caminhos...
de forma nem curta e nem longa demais,
mas de uma forma verdadeira e inteira...
e calma...
tranqüila...
longas risadas intimas...
usufruir da maior liberdade q existe...
a liberdade de estar completamente vivo e inteiro...
compartilhar de desventuras, aventuras, conquistas e sonhos...
ser feliz...
e talvez não todo o dia...
mas cada vez q olhar para o outro...
ser feliz... sempre, sempre, sempre...


Eu quero

Quero ser o mais feliz de todos os seres
Ser a água que corre
No leito do rio
Que desce as corredeiras
A encosta da montanha
Ser a terra que semeia
Que nos firma o passo
Que sustem as casas
Ser o ar que respiro
Onde voam os pássaros
Onde segue impressionantes máquinas flutuantes
Pipas, cafifas multicores
Em meio a nuvens;
Ser o fogo que aquece
Que transforma pedra bruta
Em lindo colar
Lareiras românticas, dosadas de bom vinho
Quero ser eu, dotado de tantos sonhos
De tantas percepções de vida fiel
Quero sorrir como agora
Ao lembrar de tudo o que há de belo
E de meus amigos e amores ao meu lado
Desfrutando de toda essa contemplação
Da simplicidade de ser feliz