domingo, 20 de julho de 2014



-->

Preciso de você!

Desde ontem tenho me sentido arremessada num temporal de sentimentos conturbados. A toda hora me deparo com relâmpagos, trovões, ventania forte... É como se uma chuva de sensações pesadas caíssem sobre minha cabeça agora.
Parece que está tudo escuro e eu sinto frio, muito frio. Não consigo parar de pensar, quero ao meu lado essa mulher que me apaixonei, quero que ela me envolva no seu abraço e me proteja dessa tempestade Quero me despir dessa armadura que tenho em minha volta e me admitir ser uma mulher frágil precisando de um abraço protetor, sem que isso me transforme numa pessoa fraca, entende?
Tenho sido rígida comigo mesma mostrando uma postura que desagrada.
Não é fácil. Há dias em que a gente cai, chora e se sente pequena.
Quero que você me olhe nos olhos, com aquela doçura que só você tem. Que me acaricie o rosto com suas mãos que ainda não sinto tão minha.
Preciso que você me abrace, com todos os defeitos que tenho. Preciso de seu beijo... De seu amor.
Hoje incansável tristeza se abateu sobre meu corpo, deixando-me mergulhada em angústia profunda, tornando minhas horas lentas. Vejo tudo passando de forma vagarosa, tudo parece conspirar contra o meu sentimento . Nesse instante sinto uma lágrima que passeia em minha face como que na tentativa de lavar e levar de mim esse abatimento.
As lembranças hoje me assaltam com mais precisão. Consigo reproduzir seu rosto em minha mente com toda a perfeição que lhe é peculiar, até seu cheiro me envolve nesse momento, sinto suas mãos, seus sussurros, seus carinhos, seu sorriso de menina, sua doce mania de franzir a testa quando algo lhe preocupa, ou até coçar a cabeça quando tem alguma dúvida. É incrível, mas você vive nesse momento dentro de mim.
Aqui diante da janela, olhando a manhã que brota tão linda, olhando as flores molhadas pelo orvalho, ouvindo os pássaros que cantarolam na tentativa de me alegrar; aqui, sozinha e triste eu busco cada vez mais você em tudo, no meu corpo, nas suas mensagens, nas nossas fotos.aquelas que tiramos lembra? Sinto-a forte dentro de mim. Eu sinto que você me quer sabes que eu também te quero.
A saudade vai me fazendo companhia enquanto você não volta. E eu vou fazendo de nossas lembranças a minha vida, sempre na expectativa do nosso reencontro.
Meu Amor, eu tenho medo de chuva e estou me sentindo sozinha em meio a um temporal.
Preciso de você.
Eu quero você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário